ArquiteturaArteCuriosidadeHistória

Sumaré, o bairro-berço da TV no Brasil

Nenhum comentário

No alto do Sumaré, em dia 18 de setembro, há 70 anos, entrava no ar a PRF 3 TV Tupi, canal 3, pioneira em São Paulo, no Brasil, na América do Sul e marcando a chegada da TV. O local era denominado Cidade do Rádio pois ali estavam instaladas as Rádios Tupi e Difusora, ambas pertencentes a Assis Chateaubriand, que trouxe a televisão para o Brasil.

Os  prédios  onde foram realizados os primeiros programas não existem mais, outros  foram construídos, como o edifício de 14 andares na Av. Professor Alfonso Bovero, 52, projeto creditado a Manieri, Ferronato, Crestana e Gregório Zolk.  Foi inaugurado  em 28 de agosto de 1960 e nesse período a TV Tupi mudou a frequência de canal 3 para canal 4. Após várias crises financeiras teve as atividades encerradas pelo DENTEL ( Departamento Nacional de Telecomunicações) em 18/07/1980.

 Em 19 de agosto de 1981, no mesmo local, se instalou o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), que recebeu do Governo Federal a concessão do canal (há um depoimento interessante do Silvio Santos sobre isso). Quando o SBT muda para Osasco, em agosto de 1996, passa a funcionar no prédio do Sumaré a MTV Brasil até 26/9/2013 . Hoje não é utilizado por nenhuma emissora, mas felizmente o prédio foi tombado em maio/2019. Além de toda a história escrita entre aquelas paredes, a arte conquistou seu espaço através da fachada e da lateral da edificação: um mosaico feito pelo artista israelense Gershon Knispel retratando indígenas pré-coloniais. Em 1958, Knispel foi convidado por Assis Chateaubriand a realizar esse painel, pois o magnata das comunicações admirava os índios: basta ver os nomes de algumas de suas emissoras espalhadas pelo Brasil, Tupi, Tamoio…

Além desse prédio, batizado de “Assis Chateaubrian”, presença física da memória da TV, também temos a antena de transmissão, em instalação à época pela TV Tupi para substituir a primeira que ficava no alto do Banespão. Com a falência da rede, a instalação foi concluída pelo SBT que ainda hoje a utiliza.

Há na região marcos mais recentes da TV. Na Rua Piracicaba, por exemlo, temos o local onde ficavam os primeiros estúdios da Tupi e atual instalaçção da ESPN Brasil, emissora especializada em esportes. Na rua Bruxelas, em sede projetada por Oscar Niemeyer, funcionou a primeira sede da TV Manchete, em São Paulo, que depois mudou para o bairro do Limão.

Além de conhecer o local onde a TV começou, pode se fazer um  tour pelo bairro do Sumaré, um bairro nobre, bem arborizado e tombado pelo Patrimônio. Um dos pontos urbanos mais altos em São Paulo. Tudo isso graças à sua história, que começa por volta de 1910, quando a Sociedade Paulista de Terrenos e Construções Sumaré Ltda resolve fazer um loteamento nobre, com extensa porcentagem de área verde, solo permeável, traçado com ruas sinuosas e inclinadas , lotes amplos. O nome do bairro Sumaré se refere a um tipo de orquídea.

Por volta de 1930 as ruas eram de terra, até mesmo a famosa Avenida Dr. Arnaldo, que carecia de pavimentação. Ao longo da via, com menos de 1 km de extensão, pode-se apreciar belas casas, em diversos estilos, tombadas, hoje não mais residenciais, mas comerciais. Há também algumas vielas interessantes.

Como todo bom walking tour em São Paulo, o meio de transporte mais indicado é o Metrô (Linha Verde), com ponto de encontro na estação Santuário Nossa Senhora de Fátima – Sumaré. Inaugurada em 21/11/1998, apenas como Estação Sumaré, rebatizada em 2005 com o nome atual, em homenagem ao projeto do arquitetônico de Wilson Bracetti.

 A estação em si já é uma atração turística, com área de 5.330 metros quadrados construídos, está num viaduto sobre a Avenida Paulo VI, que é a  continuação da Av. Sumaré. É  ornamentada por 44 peças de 1,75m X 1,25 m obra do artista Alex Flemig.

São fotografias ensolarizadas e textos impressos com tinta vinílica sobre vidro” – nos informa a placa afixada  na estação.

A obra retrata a diversidade de pessoas anônimas que parecem observar o movimento da plataforma. Pode-se fazer o contrário, olhar as figuras e apreciar a avenida com seus canteiros e encostas gramadas. É bastante interessante e instagramável!

Saindo da estação avista-se uma construção bastante interessante, toda em concreto aparente, com 4 andares, quase 5 mil metros de área construída. São duas torres cilíndricas de concreto, separadas por uma  fachada sinuosa com 30 metros de extensão. O projeto do  arquiteto Roberto Loeb lembra uma  TORÁ desenrolada.

A Torá é algo muito sagrado para os judeus. Trata-se de um pergaminho de couro onde com tinta vegetal  estão escritos os cinco primeiros livros do Antigo Testamento.

Inaugurada em 2003 após 8 anos de construção, está num terreno público om 2.150 metros quadrados cedidos com a condição de ser construído um espaço cultural. Da data de inauguração até 2014 era denominada Centro de Cultura Judaica, a partir de 2016 Unibes Cultural.

Próximo está  a antena de transmissão da Radio Cultura AM FM e da TV Cultura. Mede 159 metros do solo à torre, implantada no terreno que está a 973 metros de acima do nível do mar (para efeito de comparação o centro da cidade está a 750 m) e foi projetada pelo arquiteto Jorge Caron ,inaugurada em 1992 . a primeira das que iremos ver nesse passeio, parece sinalizar a entrada no bairro berço da TV no Brasil.

Logo à frente está  a majestosa igreja de Nossa Senhora de Fátima, independente da crença, vale a visita pela beleza e a quantidade de obras de artes. A pedra fundamental foi colocada por Dom José Gaspar, arcebispo de São Paulo, no dia dia 13 de maio de 1935 (Dia de Nossa Senhora de Fátima), e a obra foi concluída 13 anos mais tarde, em 1948. Interessante é que o conde José Vicente Azevedo havia doado o terreno aos frades franceses da Terceira Ordem Regular de São Francisco para que ali fosse instalada uma casa destinada às obras de vocações e uma capela dedicada à Nossa Senhora do Rosário. Em 09/01/1932, foi  rezada a primeira missa na capela provisória, e em 11 de fevereiro  Dom José Gaspar inaugura oficialmente a casa e a capela, decicada então à São Francisco, mas  quando o superior da Ordem esteve em Fátima ficou impressionado com a importância das aparições de Nossa Senhora e pediu que a igreja fosse dedicada à Nossa Senhora de Fátima. A imagem foi entronizada em 13/05/1939 e a criação oficial da paróquia em 1940.

O projeto é do arquiteto Curt Kuab no estilo colonial tradicional  sem colunas centrais, tem o formato de cruz, composto por 2 galerias laterais com 15 retábulos esculpidos em jacarandá, por Artur Pederzolli, retratando  os 15 mistérios do Rosário. Nas colunas laterais quadros com a via sacra realizada pelo escultor Sanson Flexor. O púlpito foi  todo esculpido em madeira por Bernardo Heise  apresentando  o tema “O Sermão da Montanha”. A mesa de comunhão construída em mármore nobre com portas em bronze confeccionadas no “Liceu de Artes e Ofícios”.

Seguindo o passeio, na Rua Alegrete está situado o Colégio Notre Dame, fundado em 05/02/1942 primeiramente num pequeno sobrado da Rua Petrópolis. O prédio atual, com 9.000 metros quadrados é de 1945. O extenso muro é dedicado a delicados trabalhos em mosaicos coloridos. Na esquina das avenidas Dr. Arnaldo e Professor Alfonso Bovero está instalada, desde 1937, a Padaria Real, famosa pelo pudim de leite condensado e pela importência na história das TV no Brasil, já que era ali que se reuniam artistas, autores, diretores, afinal, eram vizinhos da padaria.

Em frente está o Parque da Sabesp, instalado em 1930, com capacidade para armazenar 14 milhões de litros. A área com 14 mil metros quadrados abriga arvores centenárias. Desde 1998 é também uma área de lazer, com quiosques e bancos de jardim lembrando alguma cidadezinha de interior. Algumas cenas da novela do SBT, como a Eramos Seis, foram gravadas ali. Naquele trecho, berço da TV no Brasil, até o parque acabou fazendo parte da história da televisão ao ser transformado, em alguns momentos, em uma cidade cinematográfica.

Agucei seu interesse? Então vamos turistar!!

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Caminho do Mar
Bom Retiro. O Bairro do Pioneirismo

Posts recentes

Menu