ArteCulturaDicas

Osgemeos na Pinacoteca de São Paulo

Nenhum comentário

Os fãs de arte e exposições estavam esperando por essa aqui desde o ano passado quando “Osgemeos na Pinacoteca de São Paulo” foi anunciada. Então sim, arrisco dizer que “SEGREDOS” é a mostra mais aguardada do ano.

Por Dani Castilho – Mais Rolês, Por Favor

Ela estava prevista para ter início bem antes, em março, e não somente em outubro mas claro, a pandemia mudou o rumo de tudo. Primeiramente, a montagem da exposição, inclusive, precisou ser revista e várias alterações foram feitas. Muda aqui, adequa ali… uma exposição que não parava de se transformar, que estava viva, mesmo de portas fechadas e sem público. E enquanto isso, a nossa expectativa só aumentava pois sabíamos que algo marcante estava por vir.

Eis que finalmente a cidade de São Paulo entrou na fase da pandemia em que equipamentos culturais puderam ser liberados e logo os ingressos foram postos à venda. Entretanto, um grande lote acabou rapidamente e até o processo de venda precisou ser revisto: agora todo dia são liberados novos ingressos, aos poucos.

Osgemeos na Pinacoteca de São Paulo

A Exposição OSGEMEOS – Segredos

A exposição, com curadoria de Jochen Volz, é apaixonante. O nome “Segredos” traduz bem o que podemos esperar dela, já que toda a história dos irmãos Otávio e Gustavo Pandolfo foi desvendada. Desde o convite para apresentar trabalhos na Alemanha, que seria o pontapé para um reconhecimento internacional e tudo que os levou à definição de seu estilo, lá nos anos 90. Isso inclui até o processo de criação, desde a infância no bairro do Cambuci, em São Paulo.

Eles abriram seus baús, cadernos, coleções de discos, álbuns de fotos de família e amigos… é a primeira vez que eles exibem alguns de seus cadernos de estudos. Um grande privilégio o nosso, eu diria. Nos sentimos até íntimos deles diante de tantas revelações.

Sabem o que é mais especial nessa exposição? Foi na Pinacoteca que eles iniciaram no mundo artístico quando, aos 9 anos apenas, realizaram um curso de arte ali na Pinacoteca, mesmo. Neste curso viram uma lata de spray em ação pela primeira vez e tinham certeza do que queriam fazer de suas vidas. O que eles jamais imaginaram é que, mais de 30 anos depois, exibiriam seu trabalho a um público fanático e ansioso por vê-los, exatamente ali, onde tudo começou.

A mostra d’Osgemeos na Pinacoteca de São Paulo, traz as cores, luzes e música que precisávamos depois de atravessar um período difícil de isolamento social. Certamente, visitar a exposição traz um grande alívio e é mais uma prova da importância da arte e expressão cultural em nossas vidas. Se tem uma forma de ocupar o espaço urbano com algo que conecte as pessoas ao seu entorno, utilizando pensamentos livres, essa forma é o grafite, não é mesmo?

Os segredos dos irmãos Pandolfo

Voltando aos detalhes da exposição: as paredes da Pinacoteca foram transformadas e viraram um grande arco-íris de listras, quadriculados coloridos e daqueles personagens de caras amarelas já tão familiares de quem vive em São Paulo. Aliás, é impossível olhar para um mural de OSGEMEOS e não reconhecer os traços e cores da dupla.

Quando digo que todos os segredos foram revelados, é isso que quero dizer: são mais de 1.000 itens expostos distribuídos entre sete salas, um dos pátios, e também no famoso Octógno da Pinacoteca. Decerto, essa instalação é uma das principais atrações e se chama “A Passagem”, concebida especialmente para esse espaço singular.

A mostra é composta por grandes instalações imersivas com esculturas, quadros, fotos, revistas, e um dos itens mais clicados: o boneco inflável gigante. Deem uma olhada nesse vídeo, antes de continuar:

Ele chama atenção pelas dimensões afinal, são quase 17 metros de altura e uma história para contar. A escultura “O Gigante – The Giant” foi criada para um espetáculo do grupo de dança Flying Steps Academy, de Berlim, em 2019 e está pela primeira vez no Brasil. Flying Steps é dos grupos de breakdance mais premiados do mundo.

A base cultural e outros talentos d’OSGEMEOS

O breakdance, aliás, tem papel importante na exposição já que o hip-hop é base cultural dos irmãos, que sempre foram fãs do estilo. Inegavelmente, eles o vivenciaram intensamente em sua adolescência. Osgemeos trouxeram essa influência cultural em peso à Pinacoteca de São Paulo toda, mas com destaque em uma das salas onde podemos encontrar várias caixas de som estilizadas por eles e emanando o estilo musical favorito da dupla.

Leia também:
Pisando em Arte
Pratique turismo seguro turistando na sua Cidade 
A Capela e o Cemitério dos Aflitos

Otávio e Gustavo deixam sua simplicidade claramente revelada expondo em suas obras relações afetivas e, principalmente, questionamentos do cotidiano, das diferenças e do amor que sentem pelo espaço urbano e pelos seus ocupantes. Existe uma eterna gratidão e forte ligação com a região do Cambuci, onde ainda têm o ateliê de sua juventude e início da vida adulta.

Outro ponto alto da exposição é a loja da Pinacoteca, que também foi tomada pelo fenômeno “OSGEMEOS”. Surpreendentemente, são vários produtos desenhados por eles: camisetas, bonés, canecas, pôsteres, ecobags e um catálogo exclusivo com imagens das obras da exposição e de outros objetos.

A invasão do estilo d’Osgemeos foi tão grande que até a fachada da Pinacoteca de São Paulo ganhou uma versão temporária de letreiro. Por alguns meses deixaremos de ver o tradicional letreiro e teremos um luminoso em substituição, desenhado, claro, especialmente pel´OSGEMEOS.

Pra finalizar…

Osgemeos na Pinacoteca de São PauloVale lembrar que a intenção e desejo da dupla sempre foi manter-se acessível ao público.

A exposição pode não ser uma oportunidade para todos (ainda estamos em Pandemia), mas sabemos que, ao andar pela cidade somos presenteados com a arte deles. Ela dá cor não somente a nossa cidade mas tantas outras em diversos países, onde já ocuparam os espaços públicos com suas criações.

A arte nas paredes, ruas e até calçadas, podem ser reveladas num passeio com um Guia de Turismo. Portanto, considere isso para facilitar suas descobertas nos lugares onde mora ou que vai visitar. 

A Pinacoteca de São Paulo fica na Praça da Luz, número 2, facilmente acessível pelo metrô Luz. A exposição está aberta de quarta a segunda das 14h às 20h e ficará em cartaz até 22 de fevereiro de 2021. Ingressos custam R$ 25 (inteira) ou R$ 12,50 (meia entrada) que precisam ser agendados pelo site da Pinacoteca, mesmo os gratuitos (maiores de 60 e menores de 10 anos). Os ingressos dos sábados, que também são gratuitos, seguem a mesma regra de reservas. Bilheteria física está fechada bem como estacionamento interno da Pinacoteca.

Tags: , , , , , , , , , , ,

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

O Polo de Ecoturismo Paulistano surpreendendo no Turismo em São Paulo
Vamos Colorir e Turistar por São Paulo

Posts recentes

Menu