ArquiteturaArteReligião

Mosteiro de São Bento no Centro Histórico de São Paulo

Nenhum comentário

Em sua quarta construção e com mais de 400 anos de história, o Mosteiro de São Bento é uma das jóias da cidade de São Paulo, até mesmo para quem não pratica nenhuma religião, devido ao seu estilo arquitetônico neorromânico da fachada e seu estilo bizantino no interior da basílica.

Sua estrutura atual começou a ser construída entre 1910 e 1912, e concluída em 1922, desenhada pelo arquiteto alemão Richard Berndl. A decoração interna, como os murais, foi feita pelo monge holandês Dom Adelbert Gresnicht, que chegou ao Brasil em 1913, exclusivamente para essa responsabilidade.

Também destacam-se ainda as esculturas dos 12 apóstolos da nave, feitas entre 1919 e 1922 pelo escultor e pintor belga Adrien Henri Vital van Emelen. O relógio do mosteiro é de fabricação alemã, foi instalado em 1921 e era considerado o relógio mais preciso de São Paulo até o aparecimento dos relógios a cristal de quartzo. Também de fabricação alemã, o órgão da igreja data de 1954 e possui mais de 6000 tubos.

Apesar de ser conhecida como Igreja de São Bento, desde 1720 ela passou a ser dedicada a Nossa Senhora da Assunção. Cerca de 45 monges vivem e trabalham nesse complexo, pois além de mosteiro e basílica, também há:

  • Faculdade de São Bento, que inaugurou o primeiro curso de Filosofia do Brasil e América Latina;
  • Teatro;
  • Lojinha de lembranças e artigos religiosos;
  • Padaria, com pães, bolos, doces, biscoitos e geléias feitas pelos próprios monges e cujas receitas são seculares, guardadas há muito no arquivo da abadia;
  • Coro, que se apresenta durante as missas com cantos gregorianos acompanhados do som de seu grande órgão, todos os dias.

A missa mais tradicional acontece aos domingos, às 10hs.

Tags: , , , , , , , , , ,

Posts relacionados

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.
Arquitetos Estrangeiros no Centro Novo de São Paulo
Obras de Arte em Higienópolis

Posts recentes

Menu