ArquiteturaHistória

Edifício Martinelli em São Paulo

Nenhum comentário

Edifícios históricos são uma forma de preservar a memória de um lugar, o Martinelli, no centro de São Paulo é um belo exemplo de como se faz isso!

Considerado o primeiro arranha céu da América Latina, o prédio idealizado e projetado pelo italiano Giuseppe Martinelli, localizado no centro de São Paulo entre as ruas São Bento, Líbero Badaró e Avenida São João, simboliza o progresso da cidade na década de 1920.

Sua construção, iniciada em 1924, contou com mais de 600 operários responsáveis por cada um dos 28 pavimentos (passados alguns anos chegou nos 30 andares que estavam no projeto), algo que levou 5 anos e causou muita controvérsia, já que era o único dessa altura à época. Para se ter uma referência, nas duas primeiras décadas do século passado, os prédios considerados muito altos tinham 10 andares!

O edifício começa a perder seu glamour quando é confiscado, durante a 2ª grande guerra mundial, pelo Banco do Brasil, em razão de diversas dívidas que o Conde Italiano acumulou. As fases de altos e baixos eram marcadas pelos ocupantes do imóvel, hora hotéis de luxo e cassinos, hora bordéis e hora cinemas, que faziam muito sucesso à época.

Na segunda metade do século, cerca de 3.000 moravam irregularmente no Martinelli graças a a ação de posseiros, ou seja, pessoas que aproveitavam a desocupação do espaço para pleitear a propriedade, como o Zé Pernambuco, que ficou conhecido na época por esse tipo de atividade, bem como suspeitas de morte de pessoas e animais, com os corpos ocultados no interior do prédio, além de muito lixo no fosso central.

Com a ação do governo sobre o prédio, o prefeito à época era Olavo Setúbal (1923 – 2008), em 1979 o prédio estava restaurada após uma obra de 4 anos, fazendo com que o local se tornasse um ponto de encontro da alta sociedade paulistana, com 80% do piso original, bem como suas portas e janelas, já os lustres são réplicas.

Veja um vídeo sobre o edifício

Sua importância e beleza arquitetônica passou a dividir espaço com os Edifícios Altino Arantes (1947) e Mirante do Vale (1960), porém, o que se avista do terraço, a 105 metros de altura, ainda é único: Catedral da Sé, Mercado Municipal, Estação Júlio Prestes, Pico do Jaraguá, Avenida Paulistas (antenas), Vale do Anhangabaú, além de uma visão privilegiada do vizinho Farol Santander (Banespão / Altino Arantes).

A visitação é gratuita e as informações para agendamento podem ser encontradas no site da Prefeitura de São Paulo.

São Paulo é uma cidade riquíssima em história e cultura. Não perca a oportunidade de visitá-la. Caso seja um morador da cidade, considere que existem detalhes relevantes e informações que não estão nos livros e nem na Internet, mas a partir das pesquisas feitas por Guias de Turismo podem ser transmitidas em passeios guiados. Aproveite!

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0
Tags: , , , , ,

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

O Obelisco do Ibirapuera
Quão você conhece sua cidade?

Posts recentes

Menu
Email