ArquiteturaCulturaHistóriaPatrimônio Historico e Cultural

Bom Retiro. O Bairro do Pioneirismo

Nenhum comentário

O Bom Retiro é um bairro muito interessante, com suas várias facetas nos oferece a oportunidade de passeios temas variados. A diversidade de povos que já moraram no Bom Retiro e hoje habitam ou trabalham no bairro, produziram diversidade culinária e gastronômica, credos religiosos, escolas dos mais diversos níveis, e um comércio que foi se modificando ao longo do tempo, sem falar, é claro do pioneirismo!

Quando fazia minhas pesquisas para escrever o livro Quando Começou em São Paulo? 458 Respostas pelo Guia de Turismo Laercio Cardoso de Carvalho notei que no bairro do Bom Retiro é o lugar onde aconteceram novidades para a época. Vamos retratar alguns deles aqui, mas já fica o convite antecipado para que possamos juntos nos deslocar e interagir num passeio pelo bairro, oportunidade única para deixarmos os olhos enxergarem um cenário completamente diferente do que vemos em nosso dia-a-dia, escutar ruídos que nem sabíamos que existia, ou um silêncio que também não conhecíamos. Experimentar sabores e aromas que ficam para sempre na memória, e sentir texturas estranhas à nossa rotina.

Começando o passeio pela estação Metrô Tiradentes, saindo pelo lado esquerdo, na  Praça Coronel Fernando Prestes vemos do lado direito  vários prédios que pertenceram à Escola Politécnica primeira faculdade de engenharia em São Paulo. Regulamentada pela lei número 191 de 24/08/1893 que começou a funcionar no Solar do Marquês de Três Rios no dia 15/02/1894, com 31 alunos matriculados. Oferecia os cursos de Engenharia Civil, Industrial e Engenharia Agrícola. Em 1899 forma-se a primeira turma. O Solar foi demolido em 1928, no local está o edifício Santiago. Com o crescimento da Escola e ampliação de cursos, vários prédios foram construídos. Podemos visitar um dos mais bonitos, o edifício Ramos de Azevedo, projetado pelo próprio arquiteto em 1908 e inaugurado em 1920, com uma restauração realizada em 1991 e que hoje abriga o Departamento do Patrimônio Histórico (DPH).  A partir de 1960 a Escola Politécnica começou a ser transferida para a Cidade Universitária (USP) e outros usos foram dados aos prédios.

Seguindo pela Rua Três Rios, vamos nos deparar com uma bela construção no estilo Art Noveau: o Colégio Santa Inês das Irmãs Salesianas, que ocupa o espaço onde se localizava a Chácara Dulley, lugar onde os ingleses jogavam criquet e depois passaram a jogar futebol. O terreno tem 11.508 metros quadrados, a fachada mede, 84, 129, 125 e 98 metros, respectivamentes nas Ruas Três Rios, Lubavitch (antiga Rua Correia dos Santos), Correia de Melo e Rua Guarani. O Colégio foi fundado em 21/1/1907 (dia consagrado a Santa Inês no calendário católico) e sofreu reforma estrutural 9 anos mais tarde. O projeto é de Domenico Delpino, irmão leigo da congregação dos Salesiano, projetou também  a bela igreja Nossa Senhora Auxiliadora, de frente para a Praça Coronel Fernando Prestes, além do externato que havia ali.

Em 1918 tem início o primeiro curso Normal (hoje chamado Magistério) particular, até então só havia o curso normal, estadual no “Colégio Caetano de Campos” na Praça da República. O prédio foi tombado pelo CONPRESP em 06/12/2011.

No outro lado da rua, outra marca do pioneirismo, a primeira OFICINA CULTURAL EM SÃO PAULO, inaugurada em 23/02/1987 como OFICINA CULTURA TRÊS RIOS, que em 11/01/1990 teve o nome alterado para OFICINA CULTURAL OSWALD DE ANDRADE, em comemoração ao centenário de seu nascimento. O prédio é de 1905 e foi construído especialmente para sediar a faculdade de Odontologia, Farmácia e Obstetrícia. A Faculdade de Farmácia, pioneira em São Paulo, foi inaugurada em 11/02/1899, instalada em um casarão na rua Brigadeiro Tobias. Nesse mesmo endereço funcionava a Escola de Odontologia, criada em 07/12/1900 que em 1905 também passa a funcionar no casarão construído para essa finalidade. Em 25/01/1934, essas escolas, passaram a fazer parte da Universidade de São Paulo (USP) e a partir de 1960 começam a ser transferidas para a Cidade Universitária. Os prédios desocupados passaram a ter finalidade cultural: teatro, exposições e cursos. Podemos visitar o prédio, apreciar o belo vitral com o brasão da USP e tomar um gostoso café colombiano. No fundo do pátio da Oficina está instalado um agradável Café Colombiano com muitas opções não só de café mas de salgados, doces e refeições típicas colombianas.

Seguindo pela Rua Lubavitch, na esquina com a Rua da Graça, uma grande construção tem na fachada, toda revestida com pastilhas azuis e brancas (cores do Estado de Israel), vários mosaicos com símbolos da religião judaica: a TORÁ, o Mar Morto, a Menorá, o Leão de Judá, as Tábuas com os Dez Mandamentos. Estamos diante da Sinagoga Kehilat Israel instalada em 23/01/1919, pioneira no estado de São Paulo. Por volta de 1912 começaram a chegar os primeiros judeus. De início pequenas casas serviam de Sinagoga, depois  compram uma casa na esquina da Rua da Graça e construíram ali a sinagoga inaugurada em 1954. Restaurada a partir de 2013 inicio da construção do Memorial da Imigração Judaica Foi  inaugurado  em 23/02/ 2016 , em 2017 no quarto andar é instalado o Museu do Holocausto!

Uma curiosidade, no Brasil, a sinagoga pioneira foi em Recife-PE, em 1630 durante a ocupação holandesa, com judeus fugindo da Inquisição Portuguêsa.

Na Rua Solon um pioneirismo sul americano: a primeira linha de montagem no sistema Ford, (aquele onde cada operário desenvolve apenas uma função, não sai do lugar, o produto que está sendo montado passa por ele numa esteira rolante como no filme Tempos Modernos, de Charles Chaplin. A Ford se instalou em São Paulo, e no Brasil, em 1909, na Rua Florêncio de Abreu, pioneira no Brasil, montando os veículos aqui. As demais marcas que comercializavam seus veículos por aqui já traziam o carro totalmente pronto.  Em 1921 o engenheiro norte-americano B.R Brown, o mesmo que projetou a fábrica Ford em Highland Park, é o autor do projeto na Rua Solon. Em 1923 trabalhavam ali 124 funcionários que produziam anualmente 4.700 automóveis e 360 tratores. Em 1927, para poder se expandir, compra o terreno na Vila Prudente e em 1953 inaugura a Fábrica Ipiranga, quanto então começa a desativação da fábrica no Bom Retiro. Com o passar do tempo fica vazia e passa a ser alugada para outras empresas. O prédio, todo em tijolos aparentes, beirando a linha do trem, está lá é bem conservado.

No Bom Retiro está localizado o Estádio Municipal de Beisebol Mie Nishi, o primeiro e único estádio de beisebol em São Paulo, e o único no Brasil em local público. Foi inaugurado pelo prefeito Adhemar de Barros em 21 de junho de 1958, com a presença da Família Imperial do Japão quando se comemoravam os 50 anos da Imigração Japonesa no Brasil. Inicialmente era dedicado somente ao beisebol, depois passou a ser utilizado por outros praticas esportivas orientais como o Gatebol e o Sumô. Foi implantado no Bom Retiro pela disponibilidade de terreno, quando da implantação da Marginal Tietê.

Outra novidade que o bairro trouxe, é a primeira Igreja Católica Coreana, localizada  na Rua Nair de Teffé, dedicada a São Kim Degun, mártir coreano nascido em 1821 e decapitado em 1846, canonizado em 1984 e sua festa ocorre no dia 20 de setembro. Nesse caso a construção da igreja iniciada  em 1990 e inaugurada em 2004 está relacionada com a forte presença coreana no bairro. A data oficial da imigração coreana é 23/02/1963, quando chegaram 107 pessoas. No Bom Retiro é muito forte a presença coreana, a maior parte das antigas lojas dos judeus, pertencem aos coreanos, que mudaram o estilo das lojas e das roupas ali vendidas, dizem: “não vendemos roupas, vendemos moda”. Esse tipo de comércio atraiu compradores de todas as partes do Brasil. Hoje eles dizem ser o Bom Retiro um bairro coreano. Além das lojas, vários restaurantes, escolas e templos das mais diversas denominações evangélicas.  Uma parcela é católica, por não ter uma igreja própria utilizavam varias igreja para praticar sua fé, a primeira missa em coreano foi na igreja São Gonçalo. A partir de 1972 passaram a formar uma paroquia pessoal  na Igreja São José no Ipiranga, até conseguir inaugurar sua moderna igreja em 2004.

Templos, escolas, industrias, estádio esportivo, vários pioneirismos no bairro do Bom Retiro, que tal conhecê-los de perto? Venha turistar conosco…
Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Posts relacionados

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.
Sumaré, o bairro-berço da TV no Brasil
Liberdade além do bairro Oriental

Posts recentes

Menu