DicasPraia e Mar

A Ilha Diana em Santos

Nenhum comentário

Antes da falar sobre a Ilha Diana, em Santos, litoral sul paulista, é preciso falar sobre o Turismo Comunitário, uma modalidade turística, em que os próprios moradores de algum ligar são quem articulam as atividades, operações e empreendimentos em uma comunidade que recebe visitantes.

É a comunidade de uma das últimas colônias de pescadores da baixada santista, que proporciona a navegação, a apreciação da natureza e a movimentação do porto, permitindo aos visitantes que conheçam a cultura caiçara e até de saborear o peixe azul-marinho acompanhado de banana verde, arroz e salada.

A 20 minutos de barco do Centro de Santos, está a Ilha Diana, pedaço de terra isolado do mundo urbano. Localizada na confluência do Rio Diana com o Canal de Bertioga, ao lado do Rio Jurubatuba, a ilha situa-se na área continental de Santos e abriga 200 pessoas – e todos se conhecem. Do atracadouro das barcas atrás da Alfândega até a ilha, é possível observar, durante a viagem, a fauna e flora com espécies típicas de manguezais, como siris, caranguejos e moluscos, e aves como guarás, socós, saracuras, colhereiros e garças. Entre os mamíferos, o mão-pelada e a lontra são os mais vistos.

As casas coloridas dos caiçaras, a igreja Bom Jesus da Ilha Diana, a prainha e o bate-papo com os moradores garantem um passeio diferente, onde a culinária caiçara é destaque.

Os primeiros moradores da Ilha chegaram na década de 40, vindos da região onde hoje está a Base Aérea de Santos. Hoje são cerca de 55 famílias, onde alguns ainda vivem da pesca artesanal e coleta de mariscos. A comunidade encanta pela sua simplicidade e modo de vida, onde lindas casas de madeira e embarcações atracadas convivem em harmonia com famílias de caranguejos e aves do manguezal. Um convite à tranquilidade e ao conhecimento das tradições caiçaras.

Encerro esse texto comparitlhando um vídeo produzido pela Rede Globo e transmitida no Programa Antena Paulista há 5 anos, mas mostra ainda um pouco da Ilha Diana, num convite a todos para visitá-la, num passeio de aproximadamente 5 horas, todo monitorado e com as refeições inclusas.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0
Tags: , , , , , , , , , , ,

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Embu das Artes, além da Feirinha
Cachoeira do Sagui na Cidade de São Paulo

Posts recentes

Menu
Email